metodo-busquet-com-funciona-e-para-quem-e-indicado-20190402095100

Método Busquet: Com funciona e para quem é indicado?

Dentro da fisioterapia, existem diferentes métodos que podem ser aplicados a fim de reabilitar o paciente. Tudo depende da individualidade de cada paciente e de cada caso e de qual abordagem tem maiores chances de receber uma resposta positiva do organismo. Hoje, vamos abordar o Método Busquet, seus princípios e características fundamentais.

O que é o Método Busquet?

Trata-se de uma abordagem fisioterapêutica bastante inovadora, criada pelo fisioterapeuta francês Leopold Busquet  há mais de 30 anos. É eficiente graças à sua grande possibilidade de personalização e ao fato de ser focado na busca do equilíbrio corporal, tratando as causas do problema ao invés de se concentrar apenas em suas consequências.

Em que se baseia?

O método é baseado nas cadeias fisiológicas e na terapia manual em pontos de tensão localizados ao longo delas. As cadeias fisiológicas são circuitos de músculos interligados a outros sistemas do organismo, que organizam e regulam o equilíbrio corporal, assim como a postura estática e dinâmica.

Busquet acredita que transtornos ósseos e musculares são originados a partir do desequilíbrio de órgãos internos ou lesões que o paciente tenha sofrido. Assim, uma dor crônica no tornozelo pode ser motivada por uma instabilidade associada à cirurgia de retirada do apêndice, por exemplo. É isso que o conceito de cadeias fisiológicas traz: a interligação de sistemas que aparentam não ter qualquer relação.

O método Busquet, portanto, se baseia nessa perspectiva holística acerca do paciente. Os profissionais identificam a origem da dor ou do desconforto relatados e a terapia é aplicada, correlacionando diretamente nesse ponto, a fim de proporcionar sensação de alívio, leveza, facilidade nos movimentos e até correção postural.

Benefícios

O primeiro benefício desse método é justamente o seu princípio básico. O corpo humano é um só e todas as estruturas funcionam em conjunto para promover saúde, bem-estar e qualidade de vida. Portanto, quando o tratamento fisioterapêutico acompanha essa ideia de unidade, ele naturalmente é mais coerente com a lógica do organismo.

Outra vantagem é o fato de que no Método Busquet, as avaliações do paciente são constantes para que se verifique a necessidade de mudar de estratégia. Assim, não se corre o risco de chegar ao final de um longo tratamento e só então perceber que ele não foi eficiente para tratar o problema em questão.

Em geral, devido o método proporcionar uma visão mais holística do indivíduo, ele proporciona resultados mais rápidos se comparado à fisioterapia convencional.

E ele também pode ser utilizado como uma medida preventiva, para manter a saúde corporal e prevenir o surgimento de lesões.

Contraindicações

Em geral, não existe nenhuma contraindicação, o método pode até ser aplicado a recém-nascidos para aliviar as tensões possivelmente provocadas pelo próprio processo de nascimento! No entanto, quando o paciente já possui alguma doença preexistente, é importante que o fisioterapeuta responsável pelo seu acompanhamento seja informado desse tratamento.

Para saber mais sobre o nosso trabalho, acesse o nosso site: www.soniatakara.com.br ou entre em contato conosco por telefone 11 4777-9311

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fechar Menu