Tennis Player Hitting Ball

Lesões no tênis: conheça as principais e como preveni-las

É apaixonado por tênis e não sabe como prevenir as lesões que podem surgir com a prática? Veja as dicas que preparamos com tudo o que você precisa entender.

Tênis no Brasil

O número de praticantes ou fãs do esporte vem crescendo no país, assim como o número de lesões ocasionadas pela prática. Independentemente de ser um jogador amador ou profissional, tais lesões podem prejudicar o andamento de atividades rotineiras, além de poder diminuir o rendimento a médio ou longo prazo. Por essa razão, é imprescindível que todos os envolvidos na prática do tênis, do técnico ao atleta, estejam cientes sobre as lesões mais frequentes e quais as suas implicações, de forma a promover um tratamento adequado e eficaz ao lesionado.

Lesões no tênis

O sofrimento de lesões ou sua reincidência variam, conforme o nível do atleta. Geralmente, são os mais jovens que apresentam o maior número de lesões, sobretudo, devido à pouca experiência. Dados divulgados pela Revista Tênis apontam que, quando considerados atletas de todos os níveis, a ocorrência de lesões é de 3 a cada mil horas de prática. A maioria das lesões no tênis ocorre nos membros inferiores (de 31% a 67%), como tornozelos e coxas, e costumam ser agudas e recorrentes. Em seguida, os membros superiores (20% a 49%), como ombro e cotovelo, de caráter crônico e menor incidência. A região do tronco aparece em terceiro lugar (3% a 21%).

Principais lesões no tênis

Epicondilite Lateral (Tennis Elbow)

Uma das lesões mais frequentes é a epicondilite lateral, popularmente conhecida como Tennis Elbow ou Cotovelo de Tenista. Trata-se de uma inflamação nos tendões do antebraço e a dor se apresenta no cotovelo, que pode ficar sensibilizado. É causada por movimentos repetitivos em excesso ou trauma. Pode também ser causado pelo uso inadequado da raquete.

Lombalgia (dor lombar)

Atletas ativos podem sofrer com a lombalgia, termo técnico para a dor lombar. Aproximadamente 85% dos praticantes podem ser atingidos de forma aguda ou crônica.

Lesões no quadril

Lesões no quadril são frequentes em tenistas. O tamanho (trofismo) do lado não dominante do atleta, que tende a ser maior em relação ao lado dominante, pode levar a dores crônicas ou até mesmo o desenvolvimento de doenças degenerativas no quadril, como a osteoartrite, por exemplo.

Lesões nos joelhos

A grande sobrecarga nos joelhos é responsável pelo surgimento de diversas lesões, que podem debilitar o acesso do praticante ao esporte. Podemos citar ainda, o desenvolvimento de doenças como a dor patelofemoral e a tendinopatia patelar.

Como prevenir as lesões no tênis

Alguns cuidados simples podem auxiliar na prevenção das lesões acima citadas:

  • Busque um treinamento técnico profissional para a realização de movimentos corretos e de menor impacto negativo ao corpo;
  • Invista em tênis e raquetes adequados: Esteja atento às indicações do seu instrutor de Tênis com relação à utilização de tênis e raquete.
  • Realize um aquecimento antes dos treinos e jogos;
  • Após o treinamento ou jogo, realize sempre o desaquecimento através de corrida e alongamentos;
  • Busque um profissional fisioterapeuta para tratamentos preventivos (Fisioterapia, alongamentos, fortalecimentos, acupuntura, Pilates, R.P.G.,  entre outros);
  • Invista em treinos de musculação, de forma a promover o equilíbrio muscular;
  • Evite excessos e mantenha o corpo descansado e hidratado.

Confira nossos serviços disponíveis através do nosso site: www.soniatakara.com.br e, para mais informações, entre em contato conosco através do telefone (11)4777-9311!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fechar Menu