conheca-os-segredos-dos-japoneses-para-uma-vida-longa-e-saudavel-20190816140452

Conheça os segredos dos japoneses para uma vida longa e saudável

Não é mistério para ninguém que os japoneses são especialistas em longevidade e qualidade de vida, não é mesmo? A boa notícia é que essa particularidade não tem relação com a genética ou outra razão inatingível. De modo geral, eles vivem muito e de maneira saudável porque levam uma vida feliz e equilibrada.

Segundo o site Statistics Bureau of Japan, até o início de 2019, a estimativa é de que existiam no país quase 493 mil japoneses com idade entre 65 e 100 anos. Já acima dos 100 anos, o número de idosos era 70. Embora seja populoso, o número é bastante expressivo para um país tão pequeno territorialmente.

Então, quais os segredos dos japoneses para uma vida longa e saudável? Confira!

Alimentação equilibrada

Pode parecer clichê, mas a alimentação dos japoneses realmente tem um peso considerável na saúde e longevidade da população. No Japão, comer bem não é uma opção apenas para quem se interessa pelo mundo fitness ou precisa fazer dieta por motivos de saúde.

Lá, os legumes, peixes e verduras (em especial, a soja) estão presentes até mesmo no café da manhã e nas lancheiras das crianças. Além disso, o conceito de alimentação equilibrada não está presente apenas na escolha dos alimentos – mas também nas quantidades!

Em uma entrevista de Héctor García e Francesc Miralles, escritores do famoso livro Ikigai – Viva Bem Até Os Cem, ao site Observador, um hábito importante é revelado: os nativos de Okinawa, ilha com a maior expectativa de vida do mundo, param de comer quando se sentem 80% satisfeitos, ao invés de esperar se sentirem cheios.

Dica legal para aplicar no nosso dia-a-dia, não?

Gratidão

Ser grato à vida e encará-la com otimismo e positividade é um típico hábito dos anciãos japoneses. A cultura nipônica vê a morte de uma maneira bem diferente de nós, no Brasil. Eles têm consciência de que a vida é passageira e, em algum momento, perderemos os laços com quem amamos.

No entanto, não encaram o fato como algo triste – beneficiam-se dele para aproveitar ao máximo os momentos em família e ver a beleza nas pequenas coisas. Uma verdadeira aula de gratidão!

Contato com a natureza

Ruas cheias de pessoas, sobrecarga no trabalho, dificuldades para encontrar empregos estáveis, sistema de saúde ruim… A população japonesa, é claro, também tem seus pontos fracos. O principal deles é o estresse, causado pelos reflexos da alta densidade demográfica no país.

A solução de muitos japoneses para uma vida longa e saudável foi buscar uma maior proximidade com a natureza. Por isso, o país também conta com jardins espalhados pelas cidades, com cascatas, bambus, pedras e outros elementos clássicos que fazem os visitantes se sentirem mais conectados consigo mesmos.

Para aprender com os japoneses, já sabe: em períodos estressantes e sobrecarregados, aposte em trilhas, praias, cachoeiras, jardins e outros locais cheios de natureza para recarregar as baterias!

Corpo ativo

Considerado mundialmente o mal do século, o sedentarismo está relacionado com diversas condições que podem reduzir a longevidade de uma população. Diabetes tipo 2, hipertensão, colesterol alto, obesidade e infarto do miocárdio são apenas as mais comuns.

Como prezam por uma vida longa e saudável, os japoneses encaram a atividade física como um hábito normal, como tomar banho e escovar os dentes. Mesmo com idade avançada, os idosos não deixam de fazer alongamentos, trabalhar a coordenação motora e, principalmente, fazer exercícios preventivos.

Embora ofereçam benefícios para todas as idades, a fisioterapia e o https://soniatakara.com.br/pilatespilates são ótimos exemplos de atividades físicas para idosos.

Confira nossos serviços disponíveis e, para mais informações, entre em contato conosco através do telefone (11)4777-9311!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fechar Menu